quinta-feira, 18 de abril de 2013

FRAMES-CRÍTICA – Indomável Sonhadora: uma história de amor, coragem e inocência



Fábio Pereira


Já assisti quase todos os principais filmes que concorram ao Oscar desse ano e, numa avaliação mais abrangente, achei quase todos cansativos e tediosos (leia-se “Lincoln” e “A Hora Mais Escura”). A Academia de Ciências Cinematográficas, responsável pelo Oscar, parece mesmo sempre discordar da maioria do público no que concerne a filmes que impactam e emocionam. Tudo bem que são os milhares de votos individualizados dos membros da Academia que determinam quem leva o Oscar, mas para um drama tão emocionante como Indomável Sonhadora não ter levado ao menos uma premiação, (foi indicado a Melhor Filme, Direção, Melhor Atriz e Roteiro Adaptado) fica a afirmação no ar: Um Oscar não quer dizer nada!

Ainda não assisti “Argo”, que levou a estatueta de Melhor Filme e Roteiro Adaptado e concordei que o diretor Ang Lee mereceu a estatueta por “As Aventuras de Pi”, mas a estreante Quvenzhané Wallis, que interpreta o papel principal em Indomável Sonhadora, mostrou uma força incrivelmente superior a Jennifer Lawrence, que levou a estatueta de Melhor Atriz pelo ótimo “O Lado Bom da Vida”.

Mas, vamos ao que interessa. Indomável Sonhadora (título tupiniquim mais adequado do que “Feras do Sul Selvagem”), é um drama despretensioso, mas que envolve o espectador em sua narrativa emocionante e inocente, mostrando a trajetória de Hushpuppy (Quvenzhané Wallis), juntamente com seu pai, lutando para sobreviver num local inóspito e degradante aos padrões humanos, mas que outros chamam de lar. Com a possibilidade de ficar órfã, devido à doença de seu pai, Hushpuppy ainda precisa conviver com as consequências de uma forte tempestade, que inunda toda comunidade onde morava.

Dizem que lar é onde seu coração está. Neste sentido, a caracterização do drama dos personagens se mostra eficiente pelas mãos do diretor Benh Zeitlin, que também foi responsável pelo roteiro do filme. Sem apelar para um excessivo drama “choraminguento” e com interpretações mais naturais, Indomável Sonhadora consegue expressar a verdadeira natureza humana, mostrando preocupações simples e imediatas, como a sobrevivência, além do companheirismo extremo daqueles que possuem tão pouco, mas que se solidarizam, transparecendo a força de uma pequena e decadente comunidade.

Indomável Sonhadora é um filme que conquista pelo drama e impacta pela devoção e sonhos da protagonista.



Indomável Sonhadora (Beasts of the Southern Wild, EUA, 2012). Elenco: Quvenzhané Wallis, Dwight Henri e Gina Montana. Direção: Benh Zeitlin



Nota - 8 Frames

Pontuação
01 a 02 Frames – Ruim/03 a 04 Frames – Regular/05 a 06 Frames – Bom/07 a 08 Frames – Ótimo/09 a 10 Frames - Obra Prima



TRAILER LEGENDADO




OFERTAS

COMPRE O DVD  

COMPRE O BLU-RAY


Post atualizado em 23/03/2018.

Nenhum comentário: